Banco de Dados
da Estrutura Fundiária do Recôncavo da Guanabara (1635-1770)

"Esta é a Base de Dados que organizei com tanto esforço, num exaustivo trabalho, onde contei com o auxílio de diversos colaboradores, entre eles Ângela Damasceno Gomes, Nataniel dos Santos Gomes e outros participantes: Jan Carlos da Silva, Raquel, Isabelle Macedo Gomes, Thiago Ramos Machado, Cláudio Chagas Figueiredo, Denise Demétrio, Clarice Cassab Torres, Hannar, Cláudia Videira de Freitas, Leandro Pires Conti Guimarães, Alexandre da Silva Chaves, Marcelo Paiva da Motta e Robson de Oliveira Matos.

A Base de Dados está dividida em três subconjuntos de escrituras. O primeiro deles inclui apenas as escrituras de Chãos. Fazem parte do segundo subconjunto as escrituras relativas a Chácaras. Finalmente, estão relacionados no terceiro subconjunto as escrituras que tratam de Terras. Os três subconjuntos foram divididos por razões diversas, mas, devem agora constituir uma única relação e organizadas em ordem cronológica.

Para diminuir o volume da Base de Dados, as escrituras que a integram, foram reduzidas no que diz respeito às fontes de informação. Assim, cada escritura contém o Ofício de Notas a que diz respeito, assim como a página em que ela foi lavrada. A fórmula utilizada para abreviar a magnitude da Base de Dados foi, por exemplo, a seguinte: AN (significando Arquivo Nacional), 1ON (significando primeiro Ofício de Notas), Livro de Notas (número tal), página (por exemplo, p.96)"


Mauricio de Almeida Abreu

Para consultar a descrição das escrituras do acervo,
preencha o formário abaixo e clique em Pesquisar.

Tipo de escritura:
Data:
Moeda:
Preço:
Valor anual: Não Sim Todas
Descrição:
Código:
Observações:
 
desenvolvimento: BWM Solutions, boo! studio, Claudia Valle